Buscar

6 Atividades para te ajudar na alfabetização bilíngue





A criança na fase da alfabetização recebe uma série de estímulos voltados para a aprendizagem da leitura e escrita e assim naturalmente começa a se interessar por este novo mundo.


A criança que está num processo de alfabetização bilíngue recebe o dobro de estímulos.

O conhecimento que a criança possui em um idioma serve para aprender o outro, empregando num processo de transferências e comparações de vocábulos.


Segundo Magda Soares, especialista em alfabetização e letramento: "Alfabetizar significa adquirir a habilidade de decodificar a língua oral em língua escrita. A alfabetização seria um processo de representação de fonemas em grafemas (escrever) e de grafemas em fonemas".


Assim, mais que um processo de descodificação, é um processo complexo pois envolve diversos fatores, como identificação de símbolos, capacidade de manipulação de fonemas e reflexão sobre a estrutura sonora das palavras.

Não é uma tarefa tão simples.


Alfabetizar não é somente um sistema de decodificação, mas entender aspectos sociais, culturais e linguísticos, por isso, atividades pedagógicas diversificadas e adequadas contribuem para este processo.



Para os pais que optaram por uma criação bilíngue, o artigo de hoje traz uma série de dicas sobre atividades práticas para realizar com seus filhos a fim de auxiliar no processo de alfabetização.

Vamos conferir?



1. Livros

É claro que eles são objetos essenciais no processo de alfabetização, os nossos queridos livros que são os responsáveis por nos fornecer subsídios de como escrever.

É importante que os livros estejam constantemente presentes na vida da criança, vá além e sirva como um exemplo de leitor.

Vê-lo lendo jornais, revistas, ebooks e sites criam, na criança, um interesse ainda maior na aprendizagem.

Deixe que ela observe você escrever diferentes tipos de textos, e-mails, relatórios, cartas, mensagens, planilhas. Convide-a participar da construção desses textos e compreender a função social da escrita inserida em nossa rotina.

Ofereça livros diversificados e de temas interessantes a elas. Em nosso site, você pode conferir nosso catálogo aqui, e encontrar os livros já separados de conforme a faixa etária.




2. Atividades escritas

A escrita inicia nesta fase, dê preferências às atividades simples, práticas e coloridas para auxiliar este processo.

Nossa sugestão é a criação de listas de comparação entre os idiomas. Use e abuse das listas.

Por exemplo, façam juntos uma lista de palavras em português que começam com “ES” - escola, escorpião, estante, estrela - e outra lista com as palavras em inglês que iniciam com “S” - school, scorpion, shelf, stat.

Compare palavras que em português terminam em "ÇÃO" enquanto que em inglês terminam em “TION” como exemplo: informação - information, meditação - meditation, operação - operation.

Também podem fazer listas das palavras cognatas que tem escrita igual nos idiomas mas pronúncias diferentes como animal, hospital, virtual.

É possível fazer listas de palavras que são bem parecidas no mesmo idioma como excelente e excellent.

Deixar a atividade ainda mais divertida é simples: use canetinhas coloridas, ou giz de cera, façam com tinta e utilize diferentes tipos de papel.

As possibilidades das listas são inúmeras. Use sua criatividade!





3. Alfabeto móvel


Este é um instrumento que facilita o processo de aprendizagem da escrita e leitura. O alfabeto móvel, além de ajudar na sistematização e assimilação da escrita auxilia na coordenação motora, instiga a curiosidade e estimula a criatividade.

É possível fazer diferentes tipos de atividades usando este recurso como jogos de montar palavras, estilo palavra-cruzada. Você pode pedir para que a criança identifique a primeira letra ou quantas letras foram usadas em determinadas palavras.

Este recurso permite que a criança percebe com mais facilidade o número de letras, a ordem que são colocadas, as variações possíveis, as semelhanças sonoras e etc.




4. Imagens coloridas


As imagens além de serem atrativas para a criança facilitam na armazenação de informações no cérebro por isso devem ser usadas constantemente no processo de alfabetização. Como afirma Santaella:


“[...] Na elaboração de informações imagéticas, domina o lobo cerebral direito, que é a instância responsável pela elaboração das emoções [...] do mesmo modo, a capacidade de memória varia no contexto de informações imagéticas ou linguísticas. As imagens são recebidas mais rapidamente do que os textos, elas possuem um maior valor de atenção, e sua informação permanece durante mais tempo no cérebro.”

(SANTAELLA, 2012, p. 109)



Escolha imagens bonitas, coloridas e diversificadas para realizar atividades.

Minha dica é criar com seu filho um baú de imagens para utilizar em suas atividades.

É simples fazer um baú assim, basta encapar uma caixa de papelão e começar a procurar imagens interessantes em revistas, livros, jornais que podem ser cortadas para armazenar ali e irem utilizando conforme for surgindo a necessidade.







5. Massinha, palitos e materiais diversos

Crianças menores exigem a utilização de objetos variados para auxiliar na aprendizagem, pense que simples palitos de fósforos fazem a diferença na forma de captar informação.

Aprender brincando, além de ser mais gostoso, incentiva a criança o gosto pela aprendizagem, desenvolve diversas habilidades, além de oportunizar experiências diferentes no conhecimento de mundo, nas relações sociais, no desenvolvimento das emoções e sentimentos.




6. Tecnologia


Não há como negar que ela está cada vez mais presente em nossas vidas e na vida dos nossos filhos, então por que não usar em nosso favor?

Há muitos aplicativos que ajudam no processo de alfabetização, escolha um para dar início e vá variando conforme a criança vai aprendendo.


Minha dica é o aplicativo disponível para Androi e IOS Grapho-game, que tem como objetivo ajudar na formação das primeiras letras, sílabas e palavras. O aplicativo é para o ensino da língua portuguesa e foi desenvolvido pelo Ministério da Educação com a ajuda de cientistas brasileiros que adaptaram a versão original da Finlândia.




O ABC do Bita é outra dica que vale a pena você conferir. O aplicativo estimula o pensamento lógico, a coordenação motora e o desenvolvimento dos pequenos. É um ótimo passatempo para pais e filhos interagirem e desenvolver a alfabetização das crianças, mas ele também é para o desenvolvimento da língua portuguesa.









Essas foram nossas dicas de atividades para que você pratique a alfabetização bilíngue com seus pequenos. Com qual você irá começar?

Compartilhe conosco a sua dica de atividade que facilita a alfabetização da sua criança.





REFERÊNCIAS


STOCCO. Nina. Como ajudar a criança bilíngue na fase de alfabetização. Sproutly. 2016. Disponível em:

https://sproutly.com.br/2016/04/04/como-ajudar-a-crianca-bilingue-na-fase-de-alfabetizacao/#:~:text=Uma%20w maneira%20simples%20 de%20voc%C3%AA,de%20 escrita%20entre%20as%20l%C3%ADnas.

Acesso em 05 de maio de 2021



CORRIAS. Adriana. Alfabetização: mitos e verdades. Brasileirinhos. 2012. Disponível em:

https://brasileirinhos.wordpress.com/tag/alfabetizacao-bilingue

Acesso em 06 de maio de 2021


SANTAELLA, Lúcia. Leitura de Imagens. São Paulo: Melhoramentos, 2012. (Coleção Como eu Ensino).


Ilustrações: Arquivo pessoal e Freepik

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo